No Paraguai, centrais convocam greve geral

A luta é contra “congelamento salarial, privatização e entreguismo selvagens”; Entidades estudantis e camponeses se somam à paralisação do dia 26 de março

Por Leonardo Wexell Severo, de São Paulo (SP)

Leia mais...

(Colômbia) A destituição de Petro é uma jogada política de Santos

Em mais um de seus ataques à democracia na Colômbia, o presidente Juan Manuel Santos Calderón destitui Gustavo Petro, ex-guerrilheiro, do seu cargo de prefeito, legitimamente eleito da capital colombiana, Bogotá. Além disso, Petro ficará impedido de ocupar cargos públicos por 15 anos. O motivo, segundo o presidente, com a aceitação da Procuradoria Geral do país, foi a mudança realizada por Petro no sistema de coleta de lixo, que passou de mãos privadas para a Companhia Pública de Aqueduto.

Abaixo nota do Partido Comunista Colombiano analisando o caso e convocando a população colombiana a manifestar sua inconformidade com o caso:

Leia mais...

Declaração comum das Juventudes Comunistas sobre os acontecimentos na Ucrânia

Os acontecimentos na Ucrânia são particularmente cruciais e perigosos, em primeiro lugar para o povo e a juventude do país, que estão sendo transformados novamente em vítimas dos intensos antagonismos entre os EUA e a UE com a Rússia para o controle dos mercados, dos recursos naturais e das redes de transporte do país.

Leia mais...

Entrevista com René Gonzalez, herói do povo cubano

Entrevista com René Gonzalez, cubano que se infiltrou nos violentos grupos de Miami. Condenado à 15 anos, um dos Cinco que foi libertado.

Por Martín Granovsky, via Página/12 e lido na Carta Maior

É manhã em uma casa de Havana, uma cidade inundada de pesquisadores que participam do Congresso Universidade 2014 e por editores e escritores convidados para a Feira do Livro. O sujeito com altura de jogador de basquete que, antes da entrevista, conversa com um dos especialistas, Pablo Gentili, o secretário-executivo do Conselho Latino-Americano de Ciências Sociais, está tranquilo. É um dos cinco cubanos que foram processados nos Estados Unidos depois de se infiltrarem em Miami para buscar informações sobre os violentos grupos contrários ao governo de Fidel Castro. René Gonzalez é o único dos Cinco que está livre. Os outros continuam presos.

Leia mais...

E se isso tivesse ocorrido na Venezuela?

Por Atilio A. Boron*

No final de semana passado as agências de notícias informaram sobre o atentado sofrido no domingo, 23 de Fevereiro, por Aída Avella, a candidata presidencial da Unión Patriótica (UP) para as próximas eleições que ocorrerão na Colômbia no 25 de Maio. Avella estava acompanhada pelo candidato a senador por essa força política, Carlos Lozano, enquanto se deslocava em uma caravana pelo estado de Arauca, na fronteira com a Venezuela. De repente, o seu veículo foi atacado por dois homens armados em uma moto de alta cilindrada que dispararam com armas de grosso calibre, tanto no carro blindado em que se encontravam Avella e Lozano como no de sua escolta. Felizmente não houve nenhuma vítima fatal; se os bandidos tivessem alcançado seu objetivo, Avella teria sido a terceira candidata presidencial da Unión Patriótica a ser eliminada e uma a mais, provavelmente com Lozano, a engrossar a lista dos cerca de 5 mil militantes da UP assassinados pela direita colombiana, no governo e fora dele.

Leia mais...

.

.

.

Multimídia

You need Flash player 6+ and JavaScript enabled to view this video.
Watching: Saudação do PCLCP ao Congresso de Fundação da Central
Playlist: 0 | 1 | 2