Posição do PCLCP sobre as eleições municipais em Porto Alegre-RS

Camaradas, companheiros de luta e amigos!

Na realidade de nosso país, entendemos que o período eleitoral é um momento em que se intensificam os debates acerca das necessidades do povo brasileiro. É um momento em que se cria um canal de diálogo, permitindo que os militantes comprometidos com a construção uma sociedade mais justa e igualitária transformem em programa os objetivos políticos mais sentidos de nosso povo.

Leia mais...

Organizar a resistência ao golpe e avançar na construção de uma plataforma de lutas da classe trabalhadora

(Nota nacional do PCLCP)

A admissão do processo de impedimento contra a presidenta Dilma Rousseff pela Câmara dos Deputados no último domingo, 17 de abril, expressa em fato aquilo que já dizíamos há um ano: existe um processo de golpe em curso no nosso país, e este golpe tem como objetivo não apenas realizar o rodízio de titular da cadeira da Presidência de República. Trata-se de um processo de caráter econômico, social, político, ideológico, cultural e mesmo societário.

Leia mais...

CONTRA A PERSEGUIÇÃO DOS MOVIMENTOS SOCIAIS. A VELHA FRASE SE MANTÉM: LUTAR NÃO É CRIME!

1429562481 910602 1429562836 noticia normalNota do PCLCP em solidariedade à Guilherme Boulos

"Há setores do mercado que acham que vão tirar Dilma e vão fazer as “reformas estruturais” que se precisa para a sociedade brasileira. O escambau! Achar que vão fazer isso e depois vai reinar o silêncio e a paz de cemitério é uma ilusão de quem não conhece a história de movimento popular neste País. Este País vai ser incendiado por greves, por ocupações, mobilizações, travamentos."

- Guilherme Boulos - Coordenador Geral do Movimento dos Trabalhadores Sem Teto (MTST).

 

 

Leia mais...

Barrar o Golpismo e Defender as Liberdades e Direitos Democráticos

logo pclcp 2Nos últimos dias, a direita radical interna e externa, expressando os interesses monopolista-financeiros e da geopolítica imperialista, avança rapidamente na concretização do seu plano golpista. Diante do “cobertor curto” posto pela crise capitalista internacional prolongada, pretende intensificar a dominação dos países latino-americanos pelo imperialismo, aumentar a exploração dos trabalhadores e a espoliação das massas populares.

Leia mais...

Barrar o aumento da tarifa no Rio de Janeiro

Nota do Polo Comunista Luiz Carlos Prestes-RJ

Na cidade do Rio de Janeiro, logo no dia 02 de janeiro, os trabalhadores e o povo foram surpreendidos com mais um aumento das tarifas de ônibus municipais, antes eram absurdos R$ 3,40 e saltou para escandalosos R$ 3,80. Nos demais transportes intermunicipais como: trens, barcas e ônibus, os aumentos foram ainda mais severos, nos trens passaram de R$ 3,30 para R$ 3,70, seguido de R$ 5,00 para R$ 5,60 nas Barcas. A tarifa do bilhete único intermunicipal também aumentou de R$ 5,90 para R$ 6,50. Um verdadeiro ROUBO contra o povo pobre e trabalhador para garantir a farra dos monopólios do transporte no Rio de Janeiro. O Bilhete único tem sido usado para antecipar a venda de uma mercadoria que os monopólios transformam em capital aplicando o montante total no sistema financeiro, ampliando ainda mais suas fortunas.

Leia mais...

.

.

.

Multimídia

You need Flash player 6+ and JavaScript enabled to view this video.
Watching: Entrevista com Luiz Carlos Prestes em 1985 na Tv Paraná
Playlist: 0 | 1 | 2