(vídeo) Chico César - Reis do Agronegócio

 

“Reis do Agronegócio” (música de Chico César, letra de Carlos Rennó)

Ó donos do agrobiz, ó reis do agronegócio,
Ó produtores de alimentos com veneno,
Vocês que aumentam todo ano sua posse,
E que poluem cada palmo de terreno,
E que possuem cada qual um latifúndio,
E que destratam e destroem o ambiente,
De cada mente de vocês olhei no fundo
E vi o quanto cada um, no fundo, mente.

Leia mais...

Sessão Solene: 80 anos da Aliança Nacional Libertadora (ANL)

Sessão Solene: 80 anos da Aliança Nacional Libertadora (ANL)

7 de Maio de 2015, às 18h30

Palácio Tiradentes (Alerj)

Leia mais...

Galeano, obrigado por tudo

As FARC-EP recebemos com enorme e sincera dor a notícia da morte de Eduardo Galeano, revolucionário, escritor  e intelectual da talha da Nossa América e universal.

Leia mais...

Leocádia e Olga Benário Prestes - exemplos de rebeldia feminina, com Anita Leocádia Prestes

Para celebrar o Dia Internacional da Mulher, comemorado em 8 de março, a Escola Nacional de Saúde Pública recebeu a historiadora brasileira Anita Leocádia Prestes, em 12/3, para a palestra ‘Leocádia e Olga Benário Prestes - exemplos de rebeldia feminina’. Na ocasião, Anita retratou a trajetória de vida dessas duas mulheres marcadas pela indignação com as injustiças sociais e de apoio às posições revolucionárias de Luiz Carlos Prestes.

Produção: Núcleo Audiovisual da Coordenação de Comunicação Institucional (CCI/ENSP)

Leia mais...

A atualidade da Aliança Nacional Libertadora (ANL) – 80 anos depois

 

Por Anita Leocádia Prestes

Há 80 anos, em 30 de março de 1935, tinha lugar, no teatro João Caetano, no Rio de Janeiro, o lançamento público da Aliança Nacional Libertadora (ANL), ocasião em que Luiz Carlos Prestes foi aclamado presidente de honra da entidade, embora ainda não tivesse regressado ao Brasil do exílio onde se encontrava havia vários anos. Era constituída uma ampla frente formada por setores representativos da sociedade brasileira da época, mobilizados em torno de quatro objetivos principais: luta contra o avanço do integralismo no Brasil e do fascismo no cenário mundial, e luta contra a dominação imperialista e o latifúndio em nosso país. A criação da ANL representou a culminância de um processo de aglutinação de grupos, setores, organizações e personalidades, decepcionados com o rumo tomado pela Revolução de 30, desiludidos de Vargas e do seu Governo. Ao mesmo tempo, para que essa unidade fosse alcançada, o nome, o prestígio, a liderança de Luiz Carlos Prestes mostraram-se essenciais. Sem o Cavaleiro da Esperança e tudo o que ele representava no Brasil, naquele momento, a ANL dificilmente teria existido.

Leia mais...

.

.

.

Multimídia

You need Flash player 6+ and JavaScript enabled to view this video.
Watching: Entrevista com Luiz Carlos Prestes em 1985 na Tv Paraná
Playlist: 0 | 1 | 2