REORGANIZAR AS FORÇAS POPULARES PARA UMA OFENSIVA DE CLASSE EM 2016

logo pclcpAvaliamos que os resultados das manifestações organizadas pelas forças populares no dia 16 de dezembro foram positivos para o conjunto da classe trabalhadora e para os oprimidos em geral. Evidente que estamos a uma longa distância da condição desejável para a proposição de um programa de fato emancipador dos explorados e oprimidos. Mas é necessário registrar que estamos hoje em situação menos dramática do que a que vivíamos até a metade de dezembro. Ao longo de todo o ano de 2015 as manifestações de rua organizadas pela extrema direita eram numericamente muitos superiores às manifestações das forças populares; no dia 16 de dezembro as nossas forças foram dez vezes maiores que as da extrema direita no dia 13 do mesmo mês. As causas dessa queda de adesão aos movimentos de rua da direita reacionária ainda precisam ser melhor avaliadas, mas é possível afirmar que o processo de impeachment ter sido uma iniciativa do indecoroso Eduardo Cunha ajudou a afastar a classe média medianamente esclarecida das ruas. Por outro lado, a abertura do processo de impeachment mobilizou setores populares até então descrentes dessa possibilidade.

 

Leia mais...

Avançar na organização para fortalecer as lutas

Nos dias 18, 19 e 20 de Março de 2016 acontecerá, na cidade de São Paulo, o 1º Congresso Nacional da Intersindical Central da Classe Trabalhadora. Na noite do dia anterior, dia 17/03, teremos o 2º Encontro das Mulheres Trabalhadoras da Central.

Fundada em março de 2014, a Intersindical já figura no cenário nacional como importante referência de luta classista, democrática e independente.

Leia mais...

Resolução da Intersindical-CCT: Não ao impeachment. Contra o ajuste fiscal. Fora Cunha!

A Intersindical Central da Classe Trabalhadora, por meio da sua Direção Nacional reunida na capital paulista nos dias 12 e 13 de dezembro, considera:

Leia mais...

O Golpe: “Conselho Universitário do Quartel” outorga EBSERH na UFSC

Nota estadual do Polo Comunista Luiz Carlos Prestes (PCLCP) - Santa Catarina

No dia 1º de dezembro a sessão do Conselho Universitário (CUn) da UFSC, convocada de modo insólito e espúrio para realizar-se num Quartel da Polícia Militar (PM), aprovou a inconstitucional “adesão” à nefasta EBSERH (Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares).

Leia mais...

DERROTAR O IMPEACHMENT E ORGANIZAR A LUTA CONTRA O AJUSTE FISCAL E POR MAIS DIREITOS. FORA CUNHA!

Nota nacional do Polo Comunista Luiz Carlos Prestes (PCLCP)

A iniciativa do corrupto presidente da Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha, de dar início a processo de impeachment contra a presidente Dilma Roussef, piora a situação política nacional. Esse ato anima a direita reacionária e, ao mesmo tempo, inibe as lutas populares contra as medidas regressivas do ajuste fiscal e de todos os governos estaduais e municipais alinhados ao mesmo projeto de “estado mínimo”. Temos como tendência para o próximo período a polarização entre os que defendem o impeachment e os que são contra o impeachment, e estes últimos serão propositalmente “confundidos” (pela grande mídia e oportunismo político) como ardorosos defensores do governo Dilma, o que não é verdade, em absoluto. A cada dia, mais e mais influentes juristas e personalidades públicas, não identificadas com os partidos do governo, manifestam a análise de que esta proposta de impeachment não tem sustentação legal. Não passa de uma tentativa de golpe.

Leia mais...

.

.

.

Multimídia

You need Flash player 6+ and JavaScript enabled to view this video.
Watching: Entrevista com Luiz Carlos Prestes em 1985 na Tv Paraná
Playlist: 0 | 1 | 2