Artigos

Avançar na organização para fortalecer as lutas

Nos dias 18, 19 e 20 de Março de 2016 acontecerá, na cidade de São Paulo, o 1º Congresso Nacional da Intersindical Central da Classe Trabalhadora. Na noite do dia anterior, dia 17/03, teremos o 2º Encontro das Mulheres Trabalhadoras da Central.

Fundada em março de 2014, a Intersindical já figura no cenário nacional como importante referência de luta classista, democrática e independente.

Leia mais...

Resolução da Intersindical-CCT: Não ao impeachment. Contra o ajuste fiscal. Fora Cunha!

A Intersindical Central da Classe Trabalhadora, por meio da sua Direção Nacional reunida na capital paulista nos dias 12 e 13 de dezembro, considera:

Leia mais...

Resolução Nacional da Intersindical – Central da Classe Trabalhadora

O anúncio do pacote do governo Dilma com mais cortes nas áreas sociais e infraestrutura para garantir superávit primário aprofunda o curso recessivo da economia brasileira, amplia a crise política que paralisa o país e deve gerar ainda mais desemprego e desigualdade social.

Leia mais...

Dia 20/08: tomar as ruas por direitos, liberdade e democracia. Contra a direita e o ajuste fiscal

Resolução Nacional da Intersindical – Central da Classe Trabalhadora

O Brasil passa por uma grave crise política, social e econômica de desdobramentos incertos. Para um desenlace da crise favorável à classe trabalhadora é necessário que os setores populares tenham disposição de enfrentar a ofensiva da direita e o ajuste fiscal do governo. Apesar de importantes lutas sociais desenvolvidas por diversas categorias e movimentos populares, com destaque importante para o MTST, a pauta do país é dominada por uma agenda nefasta e antipopular que vem de diversas frentes, como do Congresso, do STF, do governo federal, mas também dos grandes grupos econômicos que obtiveram lucros bilionários -, inclusive de forma ilegal, e se aproveitam da crise para promover demissões e chantagens junto aos trabalhadores para que aceitem redução de salários.

Leia mais...

Continuar mobilizados e avançar na luta em defesa da educação pública

A greve da educação federal iniciou em 28 de maio e atualmente se configura como uma das mais fortes da história. A base da FASUBRA, que reúne os técnico-administrativos em educação estão desde as primeiras semanas com 100% das entidades de base em greve. Essa disposição de luta e resistência é consequência dos ataques aos direitos dos trabalhadores e dos profundos cortes de investimentos da educação pública, o que leva a precarização das IFES assim como de toda comunidade acadêmica.

Leia mais...

.

.

.

Multimídia

You need Flash player 6+ and JavaScript enabled to view this video.
Watching: Saudação do PCLCP ao Congresso de Fundação da Central
Playlist: 0 | 1 | 2