Carta a Petry

A Carta a Petry, escrita em 1988, é um documento teórico histórico do movimento dos “comunistas alinhados com as posições revolucionárias de Luiz Carlos Prestes”, delineando vários dos principais momentos do surgimento de um partido proletário revolucionário e do desenvolvimento da revolução proletária em nosso país. Segundo Prestes o documento contém uma concepção de revolução que considera “muito justa”. 

O Polo Comunista Luiz Carlos Prestes considera que é interessantíssimo que esse documento venha à luz do dia outra vez neste momento histórico, para tentar desembaraçar várias questões teóricas que confundem e desorganizam a esquerda contemporânea. Isto porque a miséria na teoria costuma levar à miséria na prática, como muito claro deixa o último ciclo político das forças populares. Coloca também várias das tarefas históricas que a esquerda, em geral, e os comunistas, em especial, necessitam enfrentar até os dias de hoje.

 

Para acessar clique aqui.