Declaração conjunta de solidariedade com o Partido Comunista Grego (KKE)

Nós, Partidos Comunistas e Operários, estamos atentos aos acontecimentos na Grécia, a ofensiva da União Europeia, do capital e de seus representantes políticos contra os direitos trabalhistas e populares.

Nossos partidos têm apoiado as lutas dos trabalhadores gregos e têm expressado sua solidariedade internacionalista e seu apoio à luta do KKE.

Durante muitos anos, os governos do ND e PASOK, em cooperação com a União Europeia, o Banco Central Europeu e o FMI, têm aplicado memorandos e duras leis antipopulares com dolorosas consequências para a classe trabalhadora e os setores populares.

Hoje, o acordó antipopular, o terceiro memorando, que foi firmado pelo governo SYRIZA-ANEL, e apoiado pelo ND e PASOK, com a Troika, mantém as medidas antipopulares dos governos anteriores e impõe novos fardos aos trabalhadores da Grécia, impostos insuportáveis, a abolição dos direitos trabalhistas e da segurança social, as reduções nos salários e nas pensões, privatizações, etc., piorando ainda mais a situação das famílias e das camadas populares.

Estes acontecimentos nos permitem extrair algumas conclusões úteis para fortalecer a luta popular:

- o capitalismo não pode ser humanizado. Gera crises, desemprego e pobreza. Na realidade, tem demonstrado que toda gestão do sistema agrava os problemas do povo e incrementa os benefícios do grande capital.

- a UE é uma organização reacionária e imperialista. A “democracia”, a “solidariedade” e a justiça social não são compatíveis com sua proposta.

Os Partidos Comunistas e Operários que assinam essa declaração apreciamos a decidida e consequente posição do KKE junto à classe trabalhadora e ao povo grego pela abolição dos memorandos, contra o acordo antipopular firmado pelo governo SYRIZA-ANEL (e o restante dos partidos políticos burgueses) com a Troika (UE-BCE-FMI).

Nossos partidos saúdam a luta dos comunistas da Grécia pelos direitos trabalhistas e populares, pela derrubada da barbárie capitalista e pelo socialismo.


Assinam:
1. PC da Albânia
2. Partido Argelino pela Democracia e Socialismo (PADS)
3. PC da Macedonia (ARYM)
4. PC da Australia
5. Partido do Trabalho da Austria
6. PC de Bangladesh
7. PC dos Operários da Bielorrusia
8. PC Brasileiro
9. Polo Comunista Luiz Carlos Prestes - Brasil
10. PC da Bretanha
11. PC da Bulgaria
12. Partido dos Comunistas da Bulgaria
13. União de Comunistas da Bulgaria
14. PC do Canadá
15. PC na Dinamarca
16. PC da Eslovaquia
17. PC dos Povos da Espanha
18. Movimento Galego ao Socialismo
19. Primeira Linha, Galícia
20. Partido dos Comunistas EUA
21. Organização Socialista Caminho da Liberdade (FRSO) - EUA
22. PC das Filipinas – 1930
23. Partido Comunista Operário da Finlandia
24. Polo de Renascimento Comunista na França
25. PC Unificado de Georgia
26. PO Húngaro
27. Partido dos Trabalhadores da Irlanda
28. PC, Italia
29. Movimento Socialista do Kazaquistão
30. PC de Luxemburgo
31. PC de Malta
32. PC de México
33. PPS de México
34. Novo PC dos Países Baixos
35. PC da Noruega
36. Partido Comunista do Paquistão
37. PC Palestino
38. PC da Polonia
39. PC de Puerto Rico
40. Partido Comunista da Federação Russa
41. PC Operário Russo
42. PC da União Soviética
43. Novo Partido Comunista da Yugoslavia
44. Partido Comunista Sirio
45. PC Sul-africano
46. PC da Suecia
47. PC (Turquía)
48. PC da Ucrania
49. União dos Comunistas da Ucrania
50. PC de Venezuela

 

Tradução: Polo Comunista Luiz Carlos Prestes (PCLCP)