Porto Alegre tem grande ato em defesa da democracia e do Memorial Luiz Carlos Prestes

Na tarde de sábado (29/11), 38 partidos, movimentos sindicais, sociais e da juventude, realizaram o ato Pela democracia, verdade e justiça: em defesa do Memorial Luiz Carlos Prestes. O evento, que reuniu cerca de 150 pessoas, foi uma resposta ao ato de intolerância promovido por um pequeno de grupo de 30 pessoas em frente ao Memorial, no dia 8/11, em Porto Alegre.

A manifestação em defesa do Memorial contou a participação do bisneto de Oscar Niemeyer, Paulo Sérgio Niemeyer, responsável por acompanhar a concretização do projeto idealizado pelo avô. Também estiveram presentes o deputado federal Vieira da Cunha (PDT), o deputado estadual Adão Villaverde (PT), o deputado estadual catarinense Amauri Soares (PSOL), a vereadora Jussara Cony (PCdoB) e o vereador e deputado estadual eleito Pedro Ruas (PSOL).

As falas de todos os manifestantes destacaram a necessidade de união entre os partidos e movimentos de esquerda em defesa da democracia e de avanços efetivos dos direitos dos trabalhadores brasileiros. A memória de Luiz Carlos Prestes e de Olga Benário, que dedicaram sua vida a essa luta, também foi lembrada.

O ato foi resultado da mobilização de diferentes correntes e partidos da esquerda para a criação de um movimento amplo e unitário na defesa e luta de objetivos que são comuns a todos: a busca de mais direitos para os trabalhadores e de um país mais justo e democrático. O objetivo é que este grande grupo continue articulado e em atividade mesmo após o ato.

 

Memorial

Ainda em fase de construção, o Memorial Luiz Carlos Prestes é um dos 200 projetos do renomado arquiteto Oscar Niemeyer espalhados pelo mundo. Está localizado na esquina das avenidas Edvaldo Pereira Paiva e Ipiranga, à beira do Guaíba.

Quando inaugurado, o local vai abrigar um grande acervo que conta a história de Prestes, que dedicou 70 anos de sua vida à luta por um futuro de justiça social e liberdade para o povo brasileiro. A maior parte do material foi doada pela filha de Prestes, a historiadora Anita Leocádia. O espaço também vai receber exposições temporárias, proporcionando à cidade de Porto Alegre mais um local dedicado à cultura, lazer e memória.

 

Participantes

Partidos: Organização A Marighella; Organização Comunista Arma da Crítica (OCAC); Partido Comunista Brasileiro (PCB), Partido Comunista do Brasil (PC do B); Partido Comunista Revolucionário (PCR); Partido Democrático Trabalhista (PDT); Partido dos Trabalhadores (PT); Partido Refundação Comunista (RC); Partido Socialismo e Liberdade (PSOL); e Polo Comunista Luiz Carlos Prestes (PCLCP).

Movimentos Sindicais, Sociais e Populares: Ação Libertadora Estudantil (ALE); Associação de Pós-graduandos da UFRGS (APG/UFRGS); Associação dos Servidores da UFRGS, UCSPA e IFRS (assufrgs); Associação Memorial Luiz Carlos Prestes; Central dos Trabalhadores e Trabalhadoras do Brasil (CTB); Coletivo Práxis; Federação Nacional de Arquitetos e Urbanistas; Intersindical; Instituto Olga Benário Prestes; Movimento Avançando Sindical (MAS); Movimento Contestação; Movimento dos Trabalhadores Sem-Terra (MST); Movimento Justiça e Direitos Humanos; Sindicato dos Arquitetos no estado do RS (SAERGS); Sindicato dos Municipários de Porto Alegre (SIMPA).

Juventudes: Federación Juvenil Comunista (FJC - Argentina), Juventude Comunista Avançando (JCA); Juventude Liberdade e Revolução (LibRe); União da Juventude Comunista (UJC); União da Juventude Rebelião (UJR); e União da Juventude Socialista (UJS).

 

.

.

.

Multimídia

You need Flash player 6+ and JavaScript enabled to view this video.
Watching: Entrevista com Luiz Carlos Prestes em 1985 na Tv Paraná
Playlist: 0 | 1 | 2