Lançamento do livro - Dialética da Agroecologia: Contribuição para um mundo com alimentos sem veneno

A Editora Expressão Popular convida para o lançamento do livro:

Dialética da Agroecologia: Contribuição para um mundo com alimentos sem veneno

No dia 31 de Maio (SÁBADO) - A partir das 7h No BRIQUE DA REDENÇÃO (na banca da editora Expressão Popular na Feira Agroecológica, perto da Av. Osvaldo Aranha)

Com a presença de um dos autores do livro, Luiz Carlos Pinheiro Machado*, que estará conversando com os leitores e dando autógrafos. Haverá exemplares do livro para vender.

 

A agroecologia como forma de agricultura e como é entendida neste livro, retoma as concepções agronômicas pré-revolução verde. Apropria-se dos imensos progressos da ciência e da tecnologia dos últimos 50 anos, que se conformam em técnicas que incorporam as questões sociais, políticas, ambientais, culturais, energéticas e éticas tendo sempre presente a escala planetária. Esta é a agricultura – vegetal e animal – para os novos tempos e a qual dispõe de saberes, desde os ancestrais aos atuais e que são discutidos neste livro.

A contestação da agronomia de Liebig; a inconveniência dos agrotóxicos e transgênicos; a análise dos pilares científicos da agroecologia – trofobiose, ciclo etileno no solo e transmutação dos elementos à baixa energia; a dispensa de fertilizantes e agrotóxicos; a lei da fertilidade crescente dos solos; a importância crítica da biodiversidade; a descrição de experiências de vários países são temas, além de outros, abordados sob a ótica que os autores definem como a favor da vida. 

“Entendemos a dificuldade dos profissionais, produtores e pesquisadores em assimilarem a agroecologia como aqui é tratada, isto é, como uma conduta que se contrapõe frontalmente à agricultura industrial. Afinal, nos últimos 50 anos, o ensino, a pesquisa e a extensão agrícolas e,  principalmente a mídia, não trataram do assunto que não fosse um panegírico da agricultura industrial, onde a devoção à revolução verde foi uma constante”.

Não se modifica facilmente uma ideologia difundida pertinazmente durante meio século. Entretanto a realidade criada por esse modelo tem gerado tanta desgraça, tanto infortúnio, tantos insucessos, tantos problemas enfim, que se impõe uma nova reflexão, até porque “um novo modelo é possível”! 

O livro indica como produzir sem veneno.

 

*Luiz Carlos Pinheiro Machado é professor catedrático aposentado de Zootecnia Especial da Universidade Federal do Rio Grande do Sul e professor titular aposentado de Produção Animal da Universidade Federal em Santa Catarina. Luiz Carlos Pinheiro Machado Filho, também autor do livro, é professor associado IV da UFSC. Coordena o Núcleo de Pesquisa e Extensão em PRV e co-coordena o Laboratório de Etologia Aplicada da UFSC. Ambos são militantes do Polo Comunista Luiz Carlos Prestes (PCLCP).