Artigos

A paz não virá com mais bombas, e sim pondo fim à guerra

Desde o movimento social e político Marcha Patriótica expressamos nosso repúdio e sentimentos de pesar pela morte de 26 colombianos, no departamento de Cauca, devido a um bombardeio traiçoeiro a mando de Juan Manuel Santos Calderón. Insistimos que não deve morrer mais nenhum  colombiano enquanto se falar de paz.

É importante ressaltar que este atentado acontece em meio ao cessar-fogo unilateral decretado pelas FARC-EP desde 20 de dezembro de 2014, que, como têm constatado diversas instituições e organizações, contribuiu não só para o esfriamento do conflito, mas também para gerar múltiplos benefícios econômicos e sociais para as comunidades rurais e para todo o país.

É lamentável que o governo colombiano não tenha dado uma verdadeira resposta de paz a este importante gesto, porque, como evidenciado pelo relatório da Frente Ampla pela Paz, as forças armadas oficiais desenvolveram 55 ações ofensivas durante a trégua unilateral, muitas delas tendo resultado na morte de líderes insurgentes.

Não compartilhamos da falsa premissa de que para acelerar o diálogo e alcançar a paz é necessário agravar a guerra, essa lógica é a que tem alimentado o conflito por mais de 50 anos. Pelo contrário, insistimos que a paz não virá com mais bombas, e sim pondo fim à guerra e concretizando acordos que solucionem as causas que têm dado origem ao conflito social, político e armado, razão pela qual insistimos às partes presentes na mesa de negociação de paz que não a interrompam e urgentemente acordem um cessar-fogo bilateral.

Apelamos ao conjunto da sociedade colombiana e da comunidade internacional para realizar urgentemente uma grande campanha para colocar no centro da vida, a necessidade da paz, e para ajudar a pôr fim à guerra, uma campanha para evitar que a minoria que se beneficia política e economicamente da guerra se imponha à maioria dos colombianos; uma campanha que nos campos e nas cidades nos possibilite encontros, reconciliações e dizer juntos "Pela vida e pela paz: cessar-fogo bilateral já".

Junta Patriótica Nacional

Movimento político e social Marcha Patriótica

22 de maio de 2015

 

Tradução: Polo Comunista Luiz Carlos Prestes

Fonte: http://www.marchapatriotica.org/index.php?option=com_content&view=article&id=2691%3Apronunciamiento-la-paz-no-llegara-con-mas-bombas-sino-parando-la-guerra&catid=107&Itemid=482

.

.

.

Multimídia

You need Flash player 6+ and JavaScript enabled to view this video.
Watching: Convocatória II SENUP
Playlist: 0 | 1 | 2