Avançar na organização para fortalecer as lutas

Nos dias 18, 19 e 20 de Março de 2016 acontecerá, na cidade de São Paulo, o 1º Congresso Nacional da Intersindical Central da Classe Trabalhadora. Na noite do dia anterior, dia 17/03, teremos o 2º Encontro das Mulheres Trabalhadoras da Central.

Fundada em março de 2014, a Intersindical já figura no cenário nacional como importante referência de luta classista, democrática e independente.

Leia mais...

Resolução da Intersindical-CCT: Não ao impeachment. Contra o ajuste fiscal. Fora Cunha!

A Intersindical Central da Classe Trabalhadora, por meio da sua Direção Nacional reunida na capital paulista nos dias 12 e 13 de dezembro, considera:

Leia mais...

O Golpe: “Conselho Universitário do Quartel” outorga EBSERH na UFSC

Nota estadual do Polo Comunista Luiz Carlos Prestes (PCLCP) - Santa Catarina

No dia 1º de dezembro a sessão do Conselho Universitário (CUn) da UFSC, convocada de modo insólito e espúrio para realizar-se num Quartel da Polícia Militar (PM), aprovou a inconstitucional “adesão” à nefasta EBSERH (Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares).

Leia mais...

DERROTAR O IMPEACHMENT E ORGANIZAR A LUTA CONTRA O AJUSTE FISCAL E POR MAIS DIREITOS. FORA CUNHA!

Nota nacional do Polo Comunista Luiz Carlos Prestes (PCLCP)

A iniciativa do corrupto presidente da Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha, de dar início a processo de impeachment contra a presidente Dilma Roussef, piora a situação política nacional. Esse ato anima a direita reacionária e, ao mesmo tempo, inibe as lutas populares contra as medidas regressivas do ajuste fiscal e de todos os governos estaduais e municipais alinhados ao mesmo projeto de “estado mínimo”. Temos como tendência para o próximo período a polarização entre os que defendem o impeachment e os que são contra o impeachment, e estes últimos serão propositalmente “confundidos” (pela grande mídia e oportunismo político) como ardorosos defensores do governo Dilma, o que não é verdade, em absoluto. A cada dia, mais e mais influentes juristas e personalidades públicas, não identificadas com os partidos do governo, manifestam a análise de que esta proposta de impeachment não tem sustentação legal. Não passa de uma tentativa de golpe.

Leia mais...

Nota da Frente Povo Sem Medo

7 de dezembro de 2015

No dia 2 de dezembro, o presidente da Câmara Eduardo Cunha (PMDB) decidiu abrir processo de impeachment contra a presidente Dilma. O país todo sabe que a decisão de Cunha foi tomada em meio a chantagens para salvar o seu próprio pescoço. Cunha é corrupto notório, age por interesses menores e não tem autoridade moral sequer para manter-se como deputado, ainda menos para conduzir um processo como este.

Leia mais...

.

.

.

Multimídia

You need Flash player 6+ and JavaScript enabled to view this video.
Watching: Convocatória II SENUP
Playlist: 0 | 1 | 2